domingo, 16 de setembro de 2018

Bolo de batata doce e coco

Para a sobremesa de domingo escolhi este bolinho , saboroso e aromático que vi num grupo do Facebook. Pareceu-me fácil e pus mãos à obra. Demora mais tempo apenas para cozer a batata primeiro e para cozer o bolo depois, de resto é só bater os ingredientes.



Receita ( daqui)

800 gr de batata doce descascada e cozida em água e um pouco de sal durante 15 minutos

Depois de cozida, reduz-se a batata a puré. Junta-se ao puré:

-80 gr de manteiga
-60 gr de coco
-3 ovos
-1 colher de chá de canela
-80 gr de açúcar ( usei mascavado)
-1 colher de sopa de farinha maisena
-1 colher de chá de fermento em pó ( não consta da receita original)

Bate-se tudo e vaza-se a mistura numa forma untada. Vai ao forno a 180º durante 45 minutos.


Nota: fiz na Bimby. Cozi a batata no cesto, temp 100º, 20 min. Reduzi a puré na vel 5 e de resto foi acrescentar os ingredientes e bater tudo.





































Espero que gostem.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Casaquinho + meias



Fiz este casaquinho com o método Top down, que é dos meus preferidos. Embora já tenha posto aqui uma receita top down para bebé, fiz este através de uma postagem do FB. Como houve quem não tivesse percebido através do esquema publicado, resolvi deixar aqui como fiz, pois pode ajudar alguém.



















Aqui está o esquema retirado do grupo do Facebook " Tricô manual com receitas".
A imagem pode conter: texto

Usei agulhas nº 3,5. Montar 78 malhas e tricotar 6 cordões de liga ( tricô ). Depois fazer a seguinte distribuição: 7 pontos para uma das bordas, 10 pontos em meia ( 1 laç, 1 meia, 1 laç) 12 pontos em meia ( 1 laç, 1 meia, 1 laç) 20 pontos em meia ( 1 laç, 1 meia, 1 laç) 12 pontos em meia ( 1 laç, 1 meia, 1 laç) 10 pontos em meia e 7 pontos em liga para a outra borda. O avesso é em liga e não se fazem aumentos.

Agora é só ir fazendo um ponto a mais até chegar à primeira laçada, ou seja, tricotamos 7 pontos em liga para a borda, 11 pontos em meia, 1 laç, 1 meia, 1 laç) 13 pontos, 1 laç. 1 meia, 1 laç, 21 pontos, etc até terminarmos com os 7 pontos de borda.   
                                          (...)

Como era para um bebé ( 0-3 meses) não fiz todos os pontos que estão no esquema. Quando fiquei com 40 malhas nas mangas, dividi o trabalho, deixando as mangas em espera e continuando o corpo do trabalho durante 14 cm.



O ponto fantasia que usei foi o que se segue, mas podem fazer qualquer um da vossa escolha ou até fazer liso, sem fantasia. Fica ao vosso critério.

Ponto fantasia:

1ª carreira:  1 liga ( tricô), * laç, 3 p. j em liga, laç,3 liga ( tricô)*. Repetir de * a *

2ª carreira e todas as pares: em liga ( tricô)

3ª carreira: 1 liga ( tricô), * 3 meia,3 liga ( tricô)*. Repetir de * a*

5ª carreira: voltar à primeira carreira

Tricotar as mangas que estiveram em espera. Costumo usar agulhas de 2 pontas ( daquelas de fazer meias), pois como são poucos pontos,dá-me mais jeito. Outra vantagem é que como tricoto à volta não tenho de coser no fim.


Para fazer conjunto com o casaquinho, tricotei umas meias também. Acho que ficaram fofinhas.


Espero que gostem.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Panquecas de amêndoa e coco

Acho que não há quem não goste de panquecas e se a versão for saudável e menos calórica ainda vão saber melhor. Experimentei esta receita e gostei muito quer da textura quer do sabor. Ficam fofinhas e são bastante saciantes.



















Receita ( daqui):

2 ovos
2 colheres de sopa de farinha de amêndoa
1 colher de sopa de coco
1 colher de sopa de queijo creme ( usei requeijão)
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de mel ( ou 2 tâmaras)


Batem-se os ingredientes e depois, numa frigideira ligeiramente untada, colocam-se porções de massa e deixam-se cozinhar dos dois lados.  A receita deu para 6 panquecas pequenas.




Espero que gostem.


terça-feira, 11 de setembro de 2018

Frango com "arroz" de couve-flor

Tenho visto receitas com este "arroz" de couve-flor na net,mas a verdade é que não sentia coragem de experimentar. No entanto, mal a testei a primeira vez, fiquei fã e já repeti. É uma receita que rende bastante e que é fácil de se fazer, tal como eu gosto.


Ingredientes:

bifes de frango
pimentão
cogumelos
couve-flor

1º- Ralar a couve-flor. Usei a Bimby, mas qualquer robô de cozinha fará o mesmo papel. Reservar.



2º-Cortar o frango aos cubinhos e temperar com:

-sal
-pimenta
-alho em pó
-sumo de limão
-paprika

Numa wok colocar um pouco de azeite e cozinhar bem o frango . Escorrer e reservar.

No líquido que se formou, saltear o pimentão, os cogumelos e por fim a couve-flor ralada durante 4 minutos +-. Temperar com um pouco de molho de soja ( caso gostem). Acrescentar o frango já cozinhado e envolver tudo.



















Está pronto a servir. Espero que gostem.

domingo, 9 de setembro de 2018

Mousse de limão

Depois de umas pequenas férias, que aproveitei para ver o meu filho que vive na Bélgica, eis-me de volta com uma sobremesa , pois hoje é domingo. Os dias por aqui ainda estão bastante quentes ( são as calmas de setembro) e por isso , ainda apetecem as sobremesas frescas. Esta mousse nasceu também da vontade de experimentar um chocolate com sabor a limão que tinha visto numa ida às compras e que é uma edição limitada ( dizem eles) .

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 pacote de natas
sumo e raspa  de meio limão
3 ovos
200 gr de chocolate sabor a limão



Bate-se o leite condensado com a raspa e o sumo do limão e o pacote de natas.

Derrete-se o chocolate em banho-Maria e adiciona-se ao preparado anterior. Acrescentam-se as claras batidas em castelo.



















Vai ao frigorífico durante umas horas para refrescar.

Espero que gostem.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Polvinho Amigurumi

Este é um bonequinho especialmente dedicado a bebés , sobretudo prematuros, pois parece que o facto de mexerem nos "tentáculos" os faz lembrar o cordão umbilical e os acalma. Fiz para um menino que espero nasça  no seu tempo normal, no entanto, espero também que seja uma boa companhia para ele ou apenas uma decoração para o berço.



















Usei lã Baby cool e agulhas de crochet nº 3,5.





















O blog vai entrar em modo férias. Até breve.

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Escaldadas

Parece que as escaldadas são um doce típico de S. Miguel, mas confesso que nunca as tinha provado ou sequer ouvido falar delas. Foi alguém que falou à minha cunhada das escaldadas que a sua avó fazia e que eram tão boas. Socorri-me então do meu "google" particular- a minha sogra- que do alto dos seus 91 anos me passou a receita de memória e eu experimentei. São deliciosas e todos os que as provaram também gostaram.



















Receita :

125 gr de farinha de milho
200 ml de leite

Ferve-se o leite e "escalda-se" a farinha de milho. Deixa-se arrefecer. ( Escaldei a farinha de véspera e deixei assim durante a noite).

375 gr de farinha de trigo
50 gr de manteiga
100 gr de açúcar
3 ovos
1 carteira de fermento para pão ( usei Fermipan)
100 gr de passas
leite   morno q.b. para dar o ponto

Juntam-se estes ingredientes à farinha de milho já arrefecida e amassa-se tudo ( usei a Bimby 5 minutos , vel Espiga). Depois de ter levedado um pouco, acrescentam-se as passas e programa-se mais 5 minutos, vel Espiga ( ou amassa-se à mão). 

Deixa-se descansar a massa até ter duplicado de volume. Fazem-se bolinhas e esperam-se mais 30 minutos. Deve ficar uma massa leve e fofa. Pincelam-se as escaldadas com leite e levam-se ao forno pré-aquecido a 180º durante 15-20 minutos.



















Quem já tinha ouvido falar delas? Contem-me tudo.

São muito, muito boas. Espero que gostem.