quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Pão de paprica com nozes e corintos

Não há nada que se compare ao pão acabado de fazer. O cheirinho quase irresistível que se espalha pela casa, deixa-nos logo com água na boca. Fico sempre com vontade de experimentar receitas diferentes de pão e a verdade é que se virem o marcador "pão" na barra ao lado, tenho já publicadas 44!!  É muito pão, rsrs

Este ficou delicioso e desapareceu de um dia para o outro. Fiz, como sempre, na Bimby, mas podem fazê-lo na máquina de pão ou com a batedeira ( se ela for bem potente).























Receita ( daqui):

300 ml de água
1 saqueta de Fermipan
2 colheres ( de sopa) de açúcar ( usei uma )
1/4 de chávena de azeite ( 50 ml)
500 gr de farinha
1 colher de chá de sal
1 ovo
1 colher de chá de paprica


1/4 de chávena de nozes 
1/4 de chávena de corintos

Colocar a água, o fermento e o açúcar no copo e programar 1 min/ 37º/ vel 2,5

Acrescentar a farinha, a paprica, o sal, o ovo e o azeite e programar 30 seg / vel 5 e 4 min/ vel Espiga.

Deixar levedar até duplicar de volume. Acrescentar as nozes e os corintos e envolver 10 seg / vel 3,5

Colocar a massa numa forma untada e deixar levedar outra vez.


Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 35 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer durante 10 minutos antes de desenformar.















































Espero que gostem.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Panquecas de aveia e leite com chocolate e especiarias

A tempestade "Júlia" está aí a mostrar a sua (má) cara. Chuva  e ventos fortes convidam a comida de conforto. Resolvi fazer umas panquecas para o lanche, acompanhadas de um chocolate quente com especiarias. Vou dizer como fiz, mas , caso não gostem de alguma , não a usem, ou usem outras ao vosso gosto.























Para  6 panquecas:

2 colheres de sopa bem cheias de farinha de aveia
2 ovos
1 colher de sopa de queijo-creme ( tipo Filadélfia)
1 colher de sopa de linhaça
1 colher de sopa de açúcar de coco
1 colher de sopa de manteiga de amendoim ( usei caseira)
1 colher de chá de fermento em pó

Batem-se todos os ingredientes e fazem-se as panquecas ( usei uma colher de sopa), que se deixam cozinhar de um lado e do outro.























Chocolate quente com especiarias

200 ml de leite ( usei de amêndoa)
50 gr de chocolate negro ( usei com stevia)
1 colher de chá de farinha custard ( ou na sua falta, maisena)
uma pitada ( ou a gosto) das seguintes especiarias:

-canela
-noz-moscada
-cardamomo em pó
-gengibre em pó
-pimenta de cayena 

Na Bimby programa-se 3 min / vel 3,5/ temp 80º






















É ou não um lanche de conforto? Espero que gostem.


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Shortbread da Nigella

Gosto muito de shortbread, uma espécie de bolacha feita em forma redonda ou quadrada e que depois é cortada para ser comida assim.( Podem ver no marcador "shortbread" alguns já publicados). A receita base é bem simples, levando apenas açúcar, manteiga e farinha. Depois podemos adicionar o que quisermos ( frutos secos, cacau, raspa de citrinos, etc). Estes que hoje trago, foram da Nigella Lawson e são com baunilha. Como usei farinha custard ( que já tem baunilha) não adicionei esta especiaria.


Receita ( daqui):

100 gr de açúcar confeiteiro
200 gr de manteiga à temperatura ambiente
200 gr de farinha de trigo+100 gr de farinha maisena ( usei farinha custard).

sementes de uma vagem de baunilha ( não usei)

Na Bimby ( ou num processador de alimentos) juntar todos os ingredientes e bater 30 seg / vel 5. Obtem-se uma massa densa.

Untar uma forma retangular, forrar, por precaução, com papel vegetal e colocar lá a mistura. Com a ajuda de uma colher ( ou com os dedos) calcar bem a massa, que deve ficar com uma espessura fina.


Com  uma faca, marcar linhas ( não precisam ficar perfeitas, de acordo com a prática Nigella) e com um garfo, fazer pequenas incisões.

Levar ao forno a 180º durante 20-25 minutos. O normal é que as bordas fiquem um pouco douradas, mas o shortbread não se quer estaladiço, antes com uma textura que se derrete na boca.

Remover do forno e deixar repousar durante 10 minutos antes de desenformar. Cortar em quadrados e deixar arrefecer completamente para poder servir e/ou guardar.


Espero que gostem.






sábado, 9 de fevereiro de 2019

Casaquinho para menina

Não é novidade aqui no blog que adoro tricotar roupinha para bebé. Uma colega vai ter uma menina e "calhou" que eu tinha um novelo de lã ideal para menina      ( já quase não tenho lugar para guardar mais lã). Dos vários modelos guardados, escolhi este do blog Brisa Ateliê, mas dei um acabamento diferente. A "receita" original é também com 3 pinheirinhos, mas como só tinha um novelo e o casaquinho é para recém-nascido, fiz apenas com dois.























Usei lã Nanny Print da Rosários e  agulhas 4,5.

Para o acabamento segui este modelo de um site espanhol e é o que vou deixar, caso alguém esteja interessado.

Primeira carreira: *2 pontos em liga, 1 laçada, um ponto em meia*

Segunda carreira: tricotar os pontos como se apresentam.

Terceira carreira: *2 pontos em liga, 1 laçada, 2 pontos em meia*

Quarta carreira:  tricotar os pontos como se apresentam.

Quinta carreira: *2 pontos em liga, 1 laçada, 3 pontos em meia*

Sexta carreira: tricotar os pontos como se apresentam.

Sétima carreira: toda em meia

Oitava carreira: rematar tudo pelo direito do trabalho ( em meia)















































Espero que gostem.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Bolo de frutos secos (low carb) sem açúcar

Gosto muito de bolos de fruta e  quando vi esta receita feita com ingredientes saudáveis, fiquei com imensa vontade de a experimentar. O bolo é doce q.b. e é ideal para o lanche ou mesmo para o pequeno-almoço. O açúcar vem exclusivamente da fruta.























Receita ( baseada na do blog Simples assim)

4 bananas maduras
3 ovos
1/3 de chávena de óleo de coco
1 colher de café de baunilha
1 colher de café de canela
1 colher de café de noz-moscada
1 e 1/2 chávenas de farinha de aveia ( usei uma de aveia e meia de farinha de amêndoa)

1/2 chávena respetivamente de:
-ameixas secas picadas
-tâmaras picadas
-nozes
-sultanas

2 colheres de sopa de cacau
1 colher de sopa de fermento em pó

Untar uma forma e polvilhá-la com cacau e algumas amêndoas palitadas.

Na Bimby colocar as bananas, os ovos, o óleo de coco, as especiarias e as farinhas e bater 15 seg, vel 5.

Acrescentar as frutas secas e o cacau e envolver tudo na velocidade 3,5.

Colocar a massa na forma e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 25-30 minutos.














































Espero que gostem.

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Bolachas de queijo e oregãos

Fiz para o almoço umas tarteletes ( receita que já postei aqui), mas sobrou muita massa. Como sou avessa a desperdícios , resolvi acrescentar alguns ingredientes e assim fiquei com umas deliciosas bolachinhas salgadas que desapareceram em pouco tempo.


Ingredientes:

250 gr de farinha
50 gr de farinha de amêndoa
1 colher de chá de sal
120 gr de manteiga
1 ovo

A gosto, acrescentar ainda:

-alho em pó
-queijo ralado
-oregãos
-pimenta moída

Estender a massa e com o cortador de bolachas fazer bolachinhas que se dispõem num tabuleiro protegido com tapete de silicone. Vão ao forno a 180 durante 10-15 minutos ( depende dos fornos).


Fáceis e saborosas. Espero que gostem.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Camisola Top Down

Gosto muito do método "top down". Já fiz vários casacos, mas a verdade é que nunca me tinha aventurado nas camisolas. Não há nada como sairmos da nossa zona de conforto e , deste modo, o "medo" deste tipo de trabalho desapareceu. Socorri-me da ajuda da amiga Nina (O meu pensamento viaja), que simpaticamente logo partilhou comigo como fazia as suas camisolas. No entanto tive de fazer ajustamentos, pois a lã e as agulhas que usei eram diferentes das que a Nina usou. Assim e para referência futura, vou deixar como fiz esta para a minha filha. Usei lã Valéria di Roma e agulhas nº 5.





O método que sigo vi na net ( embora não me lembre onde e caso alguém saiba terei todo o gosto em fazer a referência). Consiste em 15% para as mangas e 35% para as frentes e costas. Por exemplo e para esta camisola comecei com 80 pontos. Então 80 x 15%= 12 e 80 x 35% = 28. Deste modo temos 28 pontos para as costas+12 pontos para uma manga+28 pontos para a frente e +12 pontos para a outra manga. Colocam-se marcadores e aumenta-se um ponto antes e depois do marcador.


O bom ( ótimo) deste método é que quando terminamos a última manga , a camisola está pronta e não temos de coser nada.


A minha filha gostou muito. Espero que gostem também.