domingo, 10 de novembro de 2019

Crumble de marmelo e maçã com aveia e amêndoa

Se há sobremesa que eu adoro é o crumble. Gosto da suavidade da fruta em contraste com a parte de cima, crocante e deliciosa. Nunca tinha experimentado com marmelos, mas o resultado foi excelente! Adaptei,como sempre à Bimby, mas claro que pode ser feito num tacho, no fogão.























Receita ( baseada nas de Cinco Quartos com laranja e Pingo Doce)

2 marmelos
3 maçãs
1 pau de canela
30 gr de manteiga
3 colheres de sopa de vinho do Porto
0,5 dl de água

Descasque e descaroce os marmelos, corte-os aos cubinhos e coloque-os no copo, juntamente com o açúcar. a canela, a manteiga e a água. Programe 20 min/ temp 100º, vel colher inversa.

(Tradicional: ponha tudo num tacho tapado e deixe cozer até que a fruta fique macia.)

Junte as maçãs descascadas e cortadas aos cubinhos e o vinho do Porto e programe 5 minutos / 100º, vel inversa.

Ponha a fruta numa tarteira, descarte o pau de canela  e polvilhe com canela em pó.


Crumble:

75 gr de flocos de aveia
75 gr de farinha de trigo integral
50 gr de açúcar mascavado
50 gr de amêndoa palitada
100 gr de manteiga gelada
canela em pó, gengibre em pó e noz-moscada a gosto 

Coloque todos os ingredientes no copo e programe 5 seg/ vel 5.
Cubra a fruta com o crumble e polvilhe com amêndoa laminada.

(Tradicional: misture todos os ingredientes com os dedos até obter uma espécie de farofa.)


Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 30 minutos.

Uma delícia! Espero que gostem.




sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Marmelos assados com vinho do Porto e especiarias


Com os dias mais frios, começa a apetecer acender o forno com mais frequência. Tinha uns marmelos e não queria fazer marmelada ( já fiz este ano e ficou ótima; podem ver como fiz aqui). Decidi então experimentar assá-los. Ficaram tão bons que já repeti a receita.


Receita ( adaptada desta aqui):

2 marmelos
1,5 dl de água
1 dl de vinho do Porto
1 estrela de anis
um pau de canela
2 colheres de sopa de açúcar de coco
sumo de um limão

Coloque a água, o açúcar, o sumo do limão, o vinho do Porto e as especiarias num tacho e deixe ferver uns minutos.

Corte os marmelos aos quartos e retire os caroços. Coloque-os num pirex e regue com a calda preparada.

Leve ao forno pré- aquecido a 180º durante 40 minutos. Vá  virando e regando os marmelos com a calda durante a cozedura.


Uma sobremesa/lanche de conforto. Espero que gostem.

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Bolachas de aveia e farinha integral


Estas deliciosas bolachinhas foram sugestão da minha filha que as costuma fazer e são sempre muito apreciadas. A verdade é que (quase) não preciso de desculpas para experimentar novas bolachinhas e assim, num instante, tinha um tabuleiro pronto a ir para o forno. Claro que fiz algumas alterações de que irei dando conta ao longo da receita.























Receita original aqui:
(rendimento: 19 bolachinhas)

6 colheres de sopa de flocos de aveia integral
2 colheres de sopa de farinha integral
3 colheres de sopa de açúcar mascavado ( usei de coco)
1 colher de azeite ( usei óleo de coco)
3 colheres de sopa de pepitas de chocolate ( usei pepitas de manteiga de amendoim)
1 ovo
1 colher de café de fermento em pó
umas gotas de baunilha
 frutos secos a gosto ( usei nozes, amêndoas e avelãs).

Numa tigela colocar os ingredientes pela ordem que preferirem e envolver tudo.

Protege-se um tabuleiro com tapete de silicone e colocam-se lá as bolachas. Não precisam estar desviadas umas das outras, pois não crescem.

Levamos ao forno pré-aquecido a 180º durante 10-12 minutos. Depois de frias , guardam-se numa lata.























Notas: deve-se usar mesmo farinha integral, pois o sabor é bem distinto. O açúcar deve ser mascavado ou, como no meu caso, de coco. Se gostarem das bolachas mais crocantes, devem prolongar o tempo de forno, até que estejam lourinhas nos lados. Mal saem do forno estão moles, mas depois de frias ficam crocantes.

 Uma curiosidade: o cestinho onde fotografei as bolachas foi feito por mim em croché e depois endurecido com cola branca.


São deliciosas e saciantes! Espero que gostem.

domingo, 3 de novembro de 2019

Bolo de tâmaras com caramelo

Este bolo ficou logo marcado para experimentar. É totalmente diferente de tudo o que já fiz até hoje e só isso, já me tinha deixado bem curiosa com a receita. Para fazer o caramelo, só precisamos de polvilhar  o bolo , em crú, com açúcar mascavado, colocar pequenos pedaços de manteiga por cima e cobrir tudo com água a ferver. No mínimo surpreendente, não concordam? A receita em si também é muito fácil: separamos os ingredientes líquidos dos sólidos, misturamos tudo e colocamos na forma. Mas vamos à receita.






















Receita ( daqui):

Sólidos:
115 gr de açúcar mascavado
175 gr de farinha
1 colher de sopa de fermento em pó

Líquidos:
125 ml de leite
1 ovo
baunilha a gosto
50 gr de manteiga
200 gr de tâmaras picadas 

Caramelo :
150 gr de açúcar mascavado
50 gr de manteiga
300 ml de água a ferver

Unte uma forma com manteiga e proteja-a com papel vegetal. Aqueça o forno a 180º enquanto prepara o bolo.

Pique as tâmaras com uma faca ( usei também umas nozes a gosto, mas não constam da receita original).

Secos: numa taça misture a farinha, o fermento e o açúcar. Reserve.

Líquidos: Bata os ingredientes líquidos ( a manteiga derretida, o ovo, o leite e a baunilha). 

Misture os líquidos com os sólidos e envolva tudo ,mexendo delicadamente. Acrescente as tâmaras ( e as nozes, caso as use) e mexa devagar até ficar tudo bem ligado. Coloque a massa na forma.


Polvilhe com o açúcar mascavado e salpique com pedacinhos de manteiga.


Por cima ,e sem mexer, coloque a água a ferver.


Leve ao forno durante 40 minutos+- ( depende dos fornos).

O caramelo forma-se no fundo da forma e quando se volta o bolo no prato, fica assim:













































Espero que gostem.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Casaco top down

Vi este modelo no Pinterest e meti mãos às agulhas. Não tinha a receita, mas como era bem simples ( é todo feito em liga (tricô) de um lado e do outro), em pouco tempo estava pronto. Usei lã Valéria di Roma e agulhas 6,5.



Como já vem sendo hábito, elegi o método top down para o executar, pois não tenho nada para coser no fim. Comecei com 80 pontos e fiz a seguinte distribuição:

- 14 pontos para a frente ( marcador), 12 pontos para a manga ( marcador), 28 pontos para as costas ( marcador), 12 pontos para a outra manga ( marcador) e 14 pontos para a outra frente.

Deve aumentar-se um ponto antes e depois do marcador até à altura que se quer.


Não usei botões, pois o modelo original também não tinha. Ficou bem quentinho e confortável. Agora é só esperar pelo tempo mais frio. Espero que gostem.


domingo, 27 de outubro de 2019

Bolo de batata doce e nozes

O bolinho de domingo foi feito com batata doce de polpa laranja. Com várias especiarias, é um bolo rico e perfumado, muito macio e saboroso.Porque já estamos no outono, começam a apetecer bolos mais encorpados, que sabem particularmente bem, acompanhados de uma bela chávena de chá quentinho.























Receita inspirada nesta do Taste of Home

2 chávenas de farinha ( 330 gr)
2 colheres de chá de bicarbonato e 1 de fermento em pó
2 colheres de chá de canela
noz-moscada e gengibre em pó ( uma pitada ou a gosto)
2 chávenas de açúcar mascavado ( 320 gr)
200 gr de manteiga
4 ovos
220 gr de batata doce ( usei 3 pequenas)
1 chávena de nozes ( 80 gr)

1º- Cozer a batata doce até ficar macia ( Bimby: colocar a batata no cesto e programar 25 min temp 100º, vel 2). Deixar arrefecer e depois ralar a batata (Bimby 10 seg, vel 4). Reservar o puré.

2º- Bater os ovos com o açúcar e a manteiga ( Bimby. 30 seg, vel 5). Acrescentar a farinha e as especiarias, bem como o bicarbonato e o fermento. Juntar também o puré de batata doce. Bater mais 30 seg, vel 5. A massa fica bem pesada.

- Adicionar as nozes e bater mais 30 seg, vel 5. 
Nota: não costumo partir as nozes. Com a velocidade,elas partem-se em pedaços desiguais e é assim que prefiro.

Untar uma forma grande com manteiga e polvilhar com amêndoa  ralada ( ou farinha). Levar o bolo ao forno pré-aquecido a 180º durante 45 minutos.


Após 10 minutos, desenformar e depois de frio cobrir com glacê ( usei de compra), ou outra a gosto. 



Muito bom! Espero que gostem.




segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Scones de bacon e queijo

Estes "pãezinhos" acabados de sair do forno são uma perdição. Fofos e muito saborosos, fizeram as nossas delícias e desapareceram rapidamente. São perfeitos para complementar uma refeição mais ligeira ou ainda para o lanche ou mesmo para o pequeno-almoço.























Receita ( daqui):

4 fatias de bacon passadas na frigideira até ficarem crocantes ( não é preciso adicionar qualquer gordura). Reservar em cima de um papel para que este absorva a gordura.

3 chávenas e meia de farinha ( 500 gr)
180 gr de manteiga gelada
1 colher de sopa de fermento em pó
1/2 colher de sopa de bicarbonato
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
100 g de queijo ralado ( usei S. Jorge)
1 e 1/4 de chávena de buttermilk ( leite com uma colher de sopa de vinagre- espera-se 5 minutos e está pronto a usar)


Numa tigela misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, o sal e o açúcar. ( Bimby: 5 sg/ Turbo).

Junte a manteiga aos bocadinhos e pulse alguns segundos com o Turbo ( podem usar os dedos para misturar).

Adicione o bacon partido aos pedaços e o queijo ralado e envolva tudo ( Bimby 10 seg / vel4). Junte também o buttermilk e misture até estar tudo ligado ( não bater demasiado). Bimby -20 seg / vel 5.

Leve a massa ao frigorífico durante 15 minutos.

Polvilhe uma superfície com um pouco de farinha e estenda a massa com as mãos até formar um retângulo (a massa deve ficar com dois dedos de altura). Corte-o em 4 partes e coloque cada parte em cima da outra.

Volte a estender amassa com as mãos e corte com um cortador de bolachas, mas sem girar a forma.

Transfira os scones para um tabuleiro protegido com tapete de silicone . Certifique-se que estão separados uns dos outros.

Pincele cada bolinho com manteiga derretida e polvilhe com um pouco de flor de sal   ( usei também oregãos, mas é facultativo).

Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 12-15 minutos. Deixe arrefecer 5 minutos antes de servir ( se conseguir esperar; eu não resisti).























Muito bons. Espero que gostem.