quarta-feira, 18 de julho de 2018

Gelado com bolacha Oreo e café

Este gelado não é exatamente "light", mas como foi para ser saboreado por várias pessoas, a consciência não ficou muito pesada, pelo menos os que conseguiram não repetir. É bastante fácil e rápido.




















Receita ( daqui )

2 pacotes de bolacha Oreo ( 300 gr)
1 lata de leite condensado cozido
250 gr de mascarpone
100 ml de natas
1 chávena de café

Bate-se o leite condensado com o mascarpone e as natas até ficar um creme fofo.


Passam-se as bolachas por café e dispõem-se numa travessa. Cobre-se com uma parte do creme. Põe-se mais uma camada de bolachas e café e cobre-se com o restante creme. Polvilha-se com chocolate raspado ( usei pepitas pequenas).






Leva-se ao frigorífico durante umas horas ou então, tal como eu fiz, ao congelador.


Espero que gostem.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Bolachas saudáveis


Estas bolachinhas ficaram muito saborosas e têm a vantagem de não levarem açúcar. O sabor doce ficou por conta da banana e das tâmaras. Podem também substituir os frutos secos por outros da vossa preferência.


Receita:

150 gr de uma mistura de avelãs e amêndoas com pele
1 banana
5 tâmaras
1 ovo
80 gr de flocos de aveia
1 colher de sopa de óleo de coco
1 colher de café de canela
pepitas de chocolate q. b.


Triturar as avelãs e as amêndoas. Juntar os restantes ingredientes e por fim , envolver as pepitas de chocolate.

Formar bolinhas e achatá-las um pouco antes de as levar ao forno a 180º durante 12 minutos.





















Espero que gostem.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Pinturas e reciclagem

Mandei vir estes babetes pela internet com a intenção de os pintar, pois eram simples e lisos. No entanto, o tecido revelou-se difícil de pintar e estive quase a desistir. Depois de prontos não desgostei do resultado e por isso vão alegrar o enxoval de um bebé.




Trouxe da praia umas pedras com a intenção de as pintar. Já as tenho há dois anos e só agora resolvi fazê-lo. Ficaram assim:





Finalmente reciclei umas latinhas de leite condensado. A primeira foi pintada e na segunda usei papel EVA. Depois decorei-as com as pedrinhas coloridas.




Uma rosa do meu quintal.


Espero que gostem.


domingo, 8 de julho de 2018

Capa em tricô

Gostei muito desta capinha que é bem fácil de se fazer e que fica muito bonita. Fi-la para oferecer ,mas já tenho uma "encomenda" para a reproduzir. Não gosto de repetir trabalhos, mas não pude dizer "não" a este pedido...



















A lã que usei é muito fininha e, por isso, usei dois fios juntos e agulhas nº5. 
A receita podem ver aqui.


Espero que gostem.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Casaquinho surpresa ( baby surprise jacket)

 Não é a primeira vez ( e de certeza não será a última também) que faço este modelo de casaquinho. Já fiz este, cuja receita deixei aqui no blog. Desta vez usei apenas um fio de lã mesclada e fiquei bastante satisfeita com o resultado. Caso gostem do modelo e não queiram usar vários fios, esta é uma alternativa bastante interessante, acho eu.



















Tal como já tive oportunidade de dizer, este casaquinho é feito todo de uma só vez e depois dá-se a "magia" e ele transforma-se...

Aqui está  o modelo antes da "magia" acontecer.


Depois de cosidos os ombros ( e é esta a única costura) só temos de pregar os botões e fazer uma golinha ( é facultativo, mas acho que fica muito bem).



















Usei agulhas nº 5,5 e vai servir para bebé até 6 meses. Caso queiram mais pequeno, diminuam o número das agulhas.


Espero que gostem.

domingo, 1 de julho de 2018

Gelado sanduíche de banana

Achei imensa graça a estes gelados "sanduíche" que vi nos blogues das amigas Joana ( Prazer a cozinhar) e Creme de avelãs. Embora a minha versão seja diferente , elas foram a minha fonte de inspiração. Fácil de fazer, tal como eu gosto, e mais ainda de comer .



















 Para a "bolacha":

250 gr de bolacha ( usei digestiva)
50 gr de manteiga
50 gr de uma mistura de nozes, avelãs e amêndoas

Misturar tudo num robô de cozinha até obter uma massa moldável.

Forre uma forma de bolo inglês com papel vegetal. Coloque metade da mistura anterior na forma e calque bem. Com a outra metade, e noutro papel vegetal, molde uma espécie de tampa com sensivelmente o mesmo diâmetro da forma do bolo inglês.

Para o gelado:

5 bananas congeladas
1 colher de sopa de cacau
 1 colher de sopa de manteiga de amendoim

Na Bimby triture tudo durante 30 seg, vel 5-6-7 até obter o gelado. Ponha o gelado na forma e cubra com a outra parte da bolacha.


Leve ao congelador, de preferência de um dia para o outro. Desenforme e corte às fatias. Sirva assim mesmo ou com um pouco de chocolate ( ou outro molho qualquer à escolha).





































Espero que gostem.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Victoria Sponge Cake

Este bolo foi um grande sucesso cá em casa. Tem a vantagem de ser bastante fácil de fazer pois é composto , em quantidades iguais, por ovos, açúcar, farinha e manteiga, resultando num bolo elegante e sóbrio.

Não tenho tido tempo para participar em desafios, mas quando li os ingredientes deste bolo no desafio Sweet World das amigas Lia e Susana ( Lemon and vanilla e Basta Cheio respetivamente) resolvi fazê-lo.

O Victoria Sponge Cake é um clássico da doçaria mundial que tem a característica de ser recheado com doce de framboesa e natas, por ser este o doce favorito da rainha Victoria, e polvilhado com açúcar em pó.

Podem ler a história completa no blog da Susana. Eu resolvi rechear o meu com doce de ruibarbo e morango caseiro.



















Receita:

250 gr de açúcar
250 gr de farinha
1 colher de chá de fermento
250 gr de manteiga
5 ovos
baunilha

Bate-se o açúcar com a manteiga durante 5 minutos. Acrescentam-se as gemas uma a uma e bate-se mais um pouco. Junta-se a farinha peneirada com o fermento, uns pingos de baunilha ( ou caso gostem, uma colher de chá) e por fim, as claras em castelo.

Unta-se uma forma redonda e lisa , coloca-se lá a massa e leva-se ao forno pré-aquecido a 170º durante 40-50 minutos. Deixa-se arrefecer na forma durante 10 minutos e depois desenforma-se sobre uma grelha onde deverá arrefecer completamente.

Recheio:

doce de ruibarbo e morango
200 ml de natas ( guardadas 15 minutos no congelador antes de bater)
70 gr de açúcar confeiteiro
200 gr de morangos cortados

Batem-se as natas com o açúcar até formar picos. Corta-se o bolo ao meio. Cobre-se uma metade com o doce, depois com os morangos e por fim com as natas .Coloca-se a outra parte por cima e polvilha-se com açúcar em pó.























































Espero que gostem.