quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Limoncello e mais alguns trabalhos de Natal

Já aqui disse que, por esta altura, começo a preparar os meus licores caseiros. São sempre muito apreciados nesta quadra natalícia, onde é costume, por cá, receberem-se familiares e amigos . Este licor de limão ( limoncello) muito suave e agradável já tinha sido feito por mim ( embora não o tivesse fotografado) e foi tal o sucesso que desapareceu em pouco tempo. Resolvi voltar a fazê-lo agora e assim aproveito também para mostrar alguns trabalhos que tenho feito.


























A garrafa foi reciclada por mim e o pratinho que serve de base também.

Receita ( tirada do blogue Oficina das papitas)

Ingredientes:
4 limões bem lavados
2 chávenas de álcool próprio para licores a 70º ( ou aguardente )
2,5 chávenas de açúcar


Com um cortador de legumes ,retirar as cascas aos limões sem a parte branca que origina um licor amargo. Colocar as cascas num frasco, verter o álcool ou aguardente e deixar macerar durante uma semana, com o frasco tapado.

Modo de preparar:

Colocar o açúcar e igual quantidade de álcool num tacho e mexer até que o açúcar se dissolva. Levar ao lume e, quando levantar fervura, contar 10 minutos exatos. Retirar do lume e retirar também as cascas. Deixar arrefecer um pouco e, quando estiver morno, juntar o álcool. Deixar arrefecer completamente e esperar 15 dias ( só esperei uma semana). Filtrar ( ou não) e guardar em garrafas.
Esta quantidade dá para um litro de licor.










































Aqui está mais um prato que fiz. O pai Natal foi pintado em tecido ( por mim ), recortado e colado ao prato. Depois apliquei a técnica do guardanapo.























Espero que gostem.
















domingo, 23 de Novembro de 2014

Tarte de abóbora e caramelo

O desafio do grupo "Dorie às sextas" foi para fazer uma tarte de abóbora e caramelo ( caramel pumpkin pie no original). Gosto imenso de tartes de abóbora e esta é diferente de uma outra que já publiquei aqui.
Acho as receitas da Dorie um pouco complicadas, pelo menos à primeira leitura, pelo que tento sempre simplificá-las, na medida do possível. Deixo aqui as minhas alterações.



























Massa:
1 e 1/2 chávenas de farinha
2 colheres de sopa de açúcar
150 gr de manteiga fria, sem sal ( usei com sal)
2  1/2 colheres de sopa de gordura vegetal ( usei Crisco)
1/4 de chávena de água gelada


Pulsar tudo com o turbo da Bimby e forrar uma tarteira . Reservar no frigorífico durante 20 minutos.



Levar a tarteira ao forno pré-aquecido a 180º, coberta com papel alumínio untado na parte brilhante. Por cima do papel colocam-se feijões secos. Cozinhar durante 25 minutos. Retirar o papel com cuidado e levar de novo ao forno mais 8 minutos.  Deixar arrefecer enquanto se prepara o recheio.

Recheio:
1 chávena de açúcar
1 pacote de natas
2 colheres de sopa de rum ( usei whisky)
30 gr de manteiga
1 chávena de puré de abóbora ( usei uma lata pequena)
1 1/4 colher de chá de canela
3/4 colher de chá de gengibre em pó
uma pitada de noz moscada
1 pitada de pimenta da Jamaica
um pouco de baunilha ( 1 1/2 colher de extrato de baunilha no original)
2 ovos

Polvilhar o fundo de uma frigideira anti-aderente com uma chávena de açúcar e levar ao lume até fazer um caramelo de cor escura ( cuidado, no entanto, para não queimar). Juntar então o pacote de natas e a manteiga e mexer continuamente para dissolver os torrões do caramelo.

























Bater o puré de abóbora com 1/2 chávena de açúcar mascavado ( não consta da receita original) e os restantes ingredientes. Juntar depois o caramelo ligeiramente arrefecido. Bater até obter um creme liso. Vazar este creme na tarte cozida e arrefecida.



Levar a tarte, de novo, ao forno durante 45 minutos até que o recheio fique seco ( fazer o teste do palito).



Espero que gostem.



domingo, 16 de Novembro de 2014

Baklava e um dois em um

Esta sobremesa do chefe Paul Hollywood é daquelas que se fazem  literalmente em 15 minutos. Muito fácil e rápida ( e por isso a minha cara,rsrs) é também deliciosa. Quando provei um "quadradinho" para ver se era bom ( se não gostasse não  publicava) ,tive de me obrigar a parar de comer. São assim viciantes!!


























Ingredientes:

150 gr de manteiga derretida
200 gr de pistácios ( não tinha e usei nozes e avelãs) picados
1 embalagem de massa filo de 250gr ( a que tinha era de 150 gr e foi o suficiente)

Aquecer o forno a 180º. Estender uma folha de massa e pincelá-la com manteiga ( cortei a folha ao meio,pois era demasiado grande e fiquei com 8 folhas ).Sobrepor outra folha e voltar a pincelar. Quando tivermos 4 camadas polvilhar com as nozes e avelãs picadas. Voltar a cobrir com mais 4 folhas de massa, pincelando com manteiga entre cada camada. Pincelar também a última camada. Com uma faca afiada cortar a massa superficialmente em forma de losangos.Levar ao forno durante 15 minutos ( na receita original eram precisos 30 minutos, por isso, penso que depende dos fornos).



Enquanto a massa coze, preparar a calda de açúcar:

250 gr de açúcar mascavado claro
250 gr de água
sumo de meio limão
Mexer os ingredientes e levar ao lume durante 15 minutos.


No título desta postagem disse que era um "dois em um" e passo a explicar. O prato em que apresento a baklava foi feito por mim com a técnica do guardanapo, embora tenha usado papel de arroz. Ficou assim:



Quando a baklava sai do forno, vaza-se o xarope por cima e corta-se em quadradinhos.


Uma verdadeira delícia. Espero que gostem também.

quinta-feira, 13 de Novembro de 2014

Pipocas com água no micro-ondas

Vi esta receita no Facebook e resolvi experimentar, meio a medo, pois as pipocas (quase) nunca me dão certo. Ou se queimam ou não rebentam totalmente. Esta deu!!! A receita tem também a vantagem de ser feita com água. A desvantagem é que , no meu micro-ondas, as pipocas demoraram 10 minutos para ficarem prontas.


























Ingredientes:
5 colheres de sopa de milho para pipoca
5 colheres de sopa de água
1 colher de café de sal fino

Misturam-se os ingredientes num pirex e cobre-se com película aderente. Fazem-se uns furos para que o vapor possa sair.


Leva-se o pirex ao micro-ondas ,na potência máxima, e deixa-se cozinhar durante cerca de 8 minutos ( como já disse no meu foram precisos 10 ).
Polvilham-se as pipocas com mais um pouco de sal. Estão prontas.




Ficam muito saborosas. Experimentem também.



domingo, 9 de Novembro de 2014

Tarte de amêndoa

O chefe escolhido para o grupo "Quinze dias com..." foi José Avillez. Gulosa (assumida) como sou, optei por uma receita doce, uma tarte de amêndoa parecida com uma bem antiga que costumava fazer e que era sempre do agrado de todos. A massa ficou talvez um pouco alta de mais para o meu gosto ( gosto das massas de tarte fininhas e crocantes), mas o meu marido gostou muito.


























Ingredientes:
Base:
150 gr de açúcar ( usei 100 gr)
150 gr de manteiga ( usei 100 gr)
2 ovos ( usei só um e foi mais do que suficiente)
200 gr de farinha sem fermento
1 colher de chá de fermento ( não usei)

Misturar os ingredientes e forrar uma tarteira. Levar ao forno a 180º durante 20 minutos, enquanto se prepara o recheio.

Recheio:
4 colheres de sopa de leite
100 gr de amêndoas em palitos
125 gr de açúcar
125 gr de manteiga
sumo de 1/2 limão

Num tacho misture todos os ingredientes e deixe ferver cerca de 3 ou 4 minutos. Deite o recheio por cima da base já assada e leve ao forno a 200º cerca de 8 ou 10 minutos ( até a amêndoa caramelizar).





















































Espero que gostem.

sexta-feira, 7 de Novembro de 2014

Cheesecake de maltesers

Esta é outra receita da Lorraine Pascale a que não consegui resistir. Vi-a no blogue da Aida ( Doces em casa) e tive que a experimentar. Ainda bem que o fiz,pois esta é daquelas receitas bem simples de se fazer e de sabor maravilhoso.Fiz algumas alterações,mas se quiserem podem ver a receita original aqui.


























Ingredientes:
125 gr de bolacha ( tipo Maria)
125 gr de maltesers
100 gr de manteiga

Bater tudo ( na Bimby programar o turbo algumas vezes até que a misture esteja envolvida). Forrar uma forma de tarte. Levar ao forno durante 10 minutos, a 180º- Deixar arrefecer enquanto se prepara o recheio.

Recheio:

500 gr de queijo creme ( usei duas embalagens de Filadélfia)
2 dl de natas ( usei Longa Vida)
150 gr de açúcar em pó
150 gr de maltesers grosseiramente esmagados
1 colher de chá de baunilha ( ou a gosto)


Bata as natas em chantilly, junte o queijo, o açúcar e a baunilha. Envolva os maltesers. Deite o preparado na base já fria e leve ao frigorífico, pelo menos duas horas e, de preferência, de um dia para o outro. Enfeite com alguns maltesers.


Não desenformei, pois não usei uma forma de aro amovível. 


Espero que gostem.

quarta-feira, 5 de Novembro de 2014

Bavaroise de araçá

Gosto imenso de araçás, um fruto a que não consigo resistir e comer só um. Se como um mais azedo, tenho de comer outro "para ver se é melhor", se calha um doce , continuo a comer pelo simples prazer de os saborear.
Os araçás ,cá na ilha, podem ser amarelos ou vermelhos. Fiz esta bavaroise com a variedade vermelha.



























(imagem tirada da Net)
Ingredientes:

2 pacotes de gelatina de morango
1 lata de leite condensado
250 gr (+-) de araçás cortado aos pedaços

Fazem-se as gelatinas de acordo com as instruções da embalagem. Mistura-se o leite condensado e a fruta. Vai ao frigorífico numa forma de buraco passada por água fria, de preferência de um dia para o outro.





Levei para um jantar, por isso não está partido. Fica muito fresco, leve e agradável. Foi bastante apreciado. Espero que gostem também.