domingo, 3 de maio de 2015

Bolo de maçã e coco da Dorie

Quando esta receita foi publicada no grupo " Dorie às sextas" do Facebook, não tive oportunidade de participar. No entanto, os elogios foram unânimes por parte de quem experimentou e fiquei sempre com vontade de o fazer. Hoje ,domingo , resolvi que seria o momento ideal. O cheirinho maravilhoso que se espalhou pela casa ,já deixava adivinhar a delícia que ele era.









Receita ( apple coconut family cake)

1 chávena + 2 colheres de sopa de farinha
2 colheres de chá de fermento
1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
1/4 de colher de chá de canela
3 maçãs descascadas e descaroçadas
2 ovos grandes à temperatura ambiente
1/2 chávena + 2 colheres de sopa de açúcar
1/2 chávena de iogurte natural
6 colheres de sopa de óleo sem sabor ( canola ou cártamo,por exemplo)
2 colheres de chá de extrato de baunilha ( usei só uns pingos)
1 chávena de coco ralado


Modo de fazer:

-Pré-aquecer o forno a 180º Untar uma forma com 23 cm de diametro e polvilhá-la com as 2 colheres de farinha. Reservar.

-Misturar bem a farinha, o fermento, o bicarbonato e a canela ( usei o turbo da Bimby).


-Cortar 2 maçãs aos cubos e outra às fatias finas. Reservar, cobrindo com película aderente.

-Bater os ovos com o açúcar durante 1 minuto. Junte o iogurte, o óleo e a baunilha e bater mais 1 minuto.

-Envolver a mistura de farinha com uma espátula.

-Juntar a maçã aos cubos e o coco, envolvendo bem. Deitar na forma e alisar. Decorar com as fatias de maçã. Polvilhar com o açúcar ( usei açúcar e canela).

- Levar ao forno e cozer durante 45-50 minutos ou até que o topo fique caramelizado e uma faca inserida no centro saia seca.

-Retirar do forno e deixar arrefecer durante 20 minutos na forma.

Facultativo, mas dá um acabamento brilhante:
1 colher de sopa de geleia ( usei doce de tomate e maçã caseiro) e 1 colher de água e levar ao micro-ondas até que a mistura fique líquida. Pincelar o bolo com esta geleia.












































































E, como hoje é também Dia da Mãe, vou deixar aqui um miminho que fiz para a melhor mãe de todas ( a minha,claro). É humilde,mas foi feito com todo o carinho.



















































Como já adivinharam é uma caixinha para guardar o chá.  Espero que gostem e a todas as mães  votos de um dia muito feliz.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Tarteletes de trigo serraceno

O tema para esta edição do "Dia um...na cozinha" era quiches/tartes salgadas. Cá em casa são feitas com alguma frequência,pois são muito versáteis e podem rechear-se com quase tudo o que a nossa imaginação ditar ( ou o nosso frigorífico pedir!!). Fiz estas tarteletes, pois ,neste momento somos só dois, e uma tarte às vezes torna-se demasiado para tão poucos. O recheio já não é novidade, é dos nossos preferidos. A novidade foi que fiz as bases usando trigo serraceno.



























Receita (base):

1 chávena de trigo serraceno ( cerca de 200 gr)
1 ovo
2 colheres de sopa de óleo de linhaça
2 colheres de sopa de água fria
sal q.b.

Triturar o trigo na Bimby, utilizando o turbo várias vezes. Juntar os restantes ingredientes e bater até que a massa fique como um polme grosso e consistente. Forrar formas de tarteletes ( molhar os dedos em água para ajudar a espalhar a massa) e reservar.

Recheio:

1 alho francês às rodelas muito finas
4 tiras de bacon cortados aos pedacinhos
uma tira de pimentão aos cubinhos
1 lata pequena de cogumelos
sal,pimenta e tomilho a gosto

Levar o recheio ao lume até que o alho francês murche ( cerca de 10 minutos no mínimo). Espalhe uma colher de recheio em cada tartelete. Cubra com:

4 ovos
2 colheres de sopa de requeijão

Bater os ovos e o requeijão e verter por cima do recheio das tarteletes. Em cada uma colocar metade de um tomate- cereja. Levar ao forno a 180º durante 20 minutos. Servir com uma salada.













































































Espero que gostem.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Papas de quinoa, trigo serraceno e aveia

As mudanças de hábitos alimentares passam pela utilização de novos gostos e sabores. A aveia, há muito que faz parte do meu pequeno-almoço,mas o mesmo não se passava com a quinoa ou o trigo serraceno. A quinoa é considerada um superalimento, fonte de fibra e proteína, com alto teor em ferro e zinco,para além de cálcio, fósforo e vitaminas B1 e B2 ( informação da caixa). Já o trigo serraceno é considerado energizante e nutritivo e apresenta altas quantidades de farelo. Uma vez que o trigo serraceno não contém glúten, é apto para a dieta celíaca. Apresenta mais proteína do que o arroz, trigo ou milho e é fonte de proteínas e de ferro ( informação da Wikipédia)



Preparei estas papas para um pequeno-almoço saudável e muito nutritivo. Rendem muito, de modo que guardei o que sobrou  no frigorífico, em duas tacinhas, e nos dias seguintes foi só aquecê-las no micro-ondas.

Receita:

1/4 de chávena de quinoa
1/4 de chávena de trigo serraceno
1/2 chávena de aveia
2 chávenas de leite de arroz ( ou de aveia, de avelãs, de soja, etc)

Demolha-se  a quinoa e o trigo serraceno durante 30 minutos ( pode ser também de um dia para o outro).

Junta-se numa panela a quinoa, o trigo , a aveia e o leite e leva-se ao lume durante 10 minutos +-. Fiz na Bimby:
Colocam-se todos os ingredientes  na Bimby e programa-se 10 minutos, temperatura 90º, velocidade 3.

Vertem-se as papas num prato (ou tacinhas) . Coloca-se 2 colheres de sobremesa de maple syrup ( ou mel) por cima das papas e polvilham-se com frutos secos ( usei amêndoas, nozes, sementes de girassol e bagas de goji). Usei também canela para polvilhar, porque gosto muito do sabor,mas fica ao critério de cada um.




















































Espero que gostem.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Queques saudáveis da Mafalda

Tenho tentado evitar alimentos muito calóricos ( nomeadamente sobremesas!!),mas o meu marido anda desconsolado. ( Ainda ontem fez-me o favor de queimar uns amendoins que pretendia torrar e deixou-me a casa toda a cheirar a queimado,rsrs). Assim hoje resolvi fazer estes queques saudáveis . Com eles, espero que o desejo por um doce fique satisfeito e ,ao mesmo tempo, participo no desafio do grupo do Facebook " Quinze dias com...", que esta quinzena é dedicado a Mafalda Pinto Leite. Como não tinha todos os ingredientes, substitui-os por outros de que irei dando conta.


























Ingredientes:

3/4 de chávena de  açúcar de coco ou xarope de ácer( usei frutose )
1 e 1/2 chávenas de farinha ( usei trigo serraceno)
1/2 chávena de flocos de aveia
2 colheres de chá de canela ( usei uma)
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato
1/2 chávena de tâmaras picadas ou sultanas ( usei sultanas )
1 cenoura ralada
1 maçã ralada
1 chávena de coco
1 chávena de nozes
3 ovos
1 chávena de óleo de coco ou azeite ( usei 1/2 chávena de leite de avelãs e 2 colheres de sopa de óleo de linhaça)




Modo de fazer:
Aqueça o forno a 180º. Como usei formas de silicone não precisei untar.
Numa tigela coloque a frutose, farinha, aveia, canela, fermento e bicarbonato.Misture bem. Adicione as sultanas, cenoura,maçã, coco e nozes.
Bata os ovos e junte-os à mistura anterior.Envolva tudo. Se achar que a mistura está espessa demais junte umas gotas de leite ( não precisei).
Divida a massa pelas formas e leve ao forno por 15 minutos ou até que fiquem dourados
Nota: na receita original são 25 minutos,mas no meu forno foram só necessários 15, depende dos fornos.


























Ficam muito fofinhos e saborosos e podem comer-se ( quase) sem culpas. Espero que gostem.





domingo, 19 de abril de 2015

Pavlova

A "pavlova" e eu não temos as melhores relações do mundo. Já tinha tentado ,mas sem grandes resultados. Vi várias receitas ( todas lindas!!) e a vontade de a fazer voltou a falar mais alto. Umas claras à espera de serem usadas e uns morangos lindos e sumarentos, levaram-me a decidir. Baseei-me na receita da Donna Hay.
A pavlova é uma espécie de suspiro que depois de cozida é decorada com natas e/ ou queijo creme e frutas. Só que tenho tentado evitar sobremesas muito calóricas e, por isso, não usei as natas, só as frutas.



























Ingredientes:

4 claras à temperatura ambiente
220 gr de açúcar em pó
2 colheres de chá de farinha Maisena ( peneirada)
2 colheres de chá de vinagre ( usei de sidra)
uns pingos de baunilha ( opcional)

Calda de frutas:

1 chávena de mirtilos
1/2 chávena de morangos picados
1/2 chávena de açúcar

Levar as frutas e o açúcar ao lume e deixar cozinhar durante 5 a 7 minutos, em lume baixo. Deixar arrefecer.

Praparação da pavlova:

Aquecer o forno a 150º .
Bater as claras ,mas sem ficarem demasiado duras. Acrescentar depois o açúcar, aos poucos, batendo sempre. As claras devem ficar completamente duras e brilhantes (se não ficarem assim, nem vale a pena colocar a mistura no forno).

Juntar a farinha peneirada e o vinagre ( se usar, junte também a baunilha) e envolva bem.

Forre um tabuleiro com papel vegetal  e desenhe um círculo com 18 cm (usei o tapete de silicone da Tupperware que já tem as medidas).Coloque as claras dentro deste círculo e ,com a ajuda da espátula, dê um jeito ao merengue para que fique direitinho.

Coloque a pavlova no forno e reduza-o para 120º. Deixe cozinhar durante 1 hora e 20 minutos. Ao fim deste tempo, desligue o forno,mas deixe-a arrefecer completamente antes de a retirar.

Com cuidado, ponha a pavlova no prato e decore com as frutas.








































































Espero que gostem.


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Moussaka com salada de agriões, tomate-cereja e beterraba

Depois dos excessos que sempre cometemos quando vamos de férias ( eu pelo menos sou assim), há que agora ter mais cuidado com a alimentação e tentar reparar os "danos" na medida do possível. Tenho evitado todo o tipo de açúcares e doces ( as bolachas de amêndoas foram feitas antes da Páscoa) e experimentado um outro tipo de refeições. Para o jantar de ontem fiz este prato que foi uma agradável surpresa, atendendo a que nem sou grande apreciadora de beringelas ou carne de peru.


























Receita inspirada em : Quer emagrecer? Naturalmente. de Andrea Revez, pg 76

1 cebola
2 dentes de alho
1 c. de sopa de azeite
200 gr de tomate maduro
350 gr de carne de peru picada
1 colher de chá de sal ( usei flor de sal)
oregãos a gosto
1 beringela
1 pacote de natas de soja
30 gr de mozarela de búfala

Pique a cebola e o alho e leve-os a alourar em azeite. Junte a carne picada,mexendo-a  para que fique bem salteada. Adicione o tomate em cubos. Tempere com sal,oregãos e pimenta.

Corte a beringela em lâminas e, com elas, forre o fundo de um tabuleiro. Por cima deite uma parte da carne.




Repita o processo mais duas vezes, Cubra tudo com as natas e o queijo.


Leve a forno por 30 minutos a 160º.


























Sirva com salada de agriões,tomate-cereja e  couve-roxa ( usei agriões, rúcula, tomate-cereja , beterraba e rebentos de soja)



























Espero que gostem.



segunda-feira, 13 de abril de 2015

Bolachas de amêndoa

Tenho andado um pouco afastada do blogue,pois fui de férias visitar a minha filha. Adorei estar com ela,claro,mas não tinha acesso a internet ( o que até foi bom,eheh). Aos poucos irei visitando os blogues das amigas que sempre tão gentilmente aqui deixam um comentário.
Para recomeçar trago umas bolachinhas, bem simples e saborosas,principalmente para quem gosta de amêndoas. Os desenhos nas bolachinhas foram feitos com umas formas especiais que achei muito engraçadas.


























Ingredientes (receita tirada de "Everyday food")

1 chávena de amêndoa moída ( pode ser torrada ou não)
150 gr de manteiga
3/4 de chávena de açúcar
1 ovo e 1 clara
1 chávena de farinha
1/2 colher de chá de fermento
3/4 de colher de chá de extrato de amêndoa ( opcional)

Pré-aquecer o forno a 180º.  Bater o açúcar com a manteiga até formar um creme fofo e esbranquiçado.Juntar o ovo e o extrato ( se usar) e bater mais um pouco.

Numa outra tigela misturar a farinha e o fermento. Gradualmente adicionar à mistura anterior. Juntar as amêndoas ( não bater demais).

Forrar um tabuleiro com tapete de silicone e formar pequenas bolinhas que se achatam com com um garfo,por exemplo ( usei o tal aparelhinho com desenhos).

Pincelar as bolachinhas com a clara ( não o fiz). Levá-las ao forno durante 12 a 15 minutos.

Deixar arrefecer antes de retirar do tabuleiro.




















































Espero que gostem.