quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Bolachinhas de aveia, tâmaras e chia

Mais uma receita de bolachinhas saborosas e saudáveis. São ótimas para levar como snack, já que são bem saciantes e têm a vantagem de serem feitas sem adição de açúcar, embora sejam docinhas graças às tâmaras.




Receita ( daqui):

150 gr de tâmaras
1 ovo
100 ml de leite
200 gr flocos de aveia
100 gr de farinha de amêndoa
1/2 colher de chá de canela
2 colheres de sopa de sementes de chia
20 gr de amêndoas picadas



  • Coloque as tâmaras e o leite no copo da Bimby e triture 15 seg / vel5 até ficar com um preparado homogéneo.
  • Adicione o ovo, a aveia , a amêndoa, a chia e a canela e misture 10 seg/ vel 4. Junte a amêndoa picada e envolva na massa.
  • Forme bolinhas ( usei a colher de gelados) e distribua as bolachas num tabuleiro protegido com tapete de silicone.
  • Achate ligeiramente as bolachas com as costas de uma colher. Por cima de cada uma, coloque pedaços de nozes ou amêndoas palitadas.
  • Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 12-15 minutos ou até que fiquem ligeiramente dourados nas bordas. Deixe arrefecer completamente antes de servir.























Espero que gostem.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Pão na Panificadora

Hesitei em publicar esta receita. Explico: o motivo que me leva hoje a postar não é a receita do pão ( que mais não é do que a do pacote de pão de sementes,marca Continente), mas a da forma onde coze o mesmo ( Panificadora). Andava há imenso tempo a procurar esta forma, mas parece que tinha desaparecido. Este fim de semana, de visita ao Porto, lá encontrei a bendita forma e por isso, resolvi logo testá-la.



Embora venha com receitas de vários pães, experimentei, como já disse, a do pacote de pão de sementes que dá um pão de 500 gr. Faz-se o pão seguindo as instruções da embalagem ( Bimby- 5 min / Espiga) e, depois de levedar, coloca-se a massa na Panificadora. 



Leva-se o pão ao forno pré-aquecido a 200º durante 30-35 minutos.


Retira-se da forma ,dando-lhe a volta. Deixa-se no forno cerca de 10 minutos com a parte inferior do pão para cima.


Resultado: um pão macio, mas com uma crosta crocante deliciosa.
 Forma testada e aprovada!

Podem ver aqui um vídeo explicativo: https://www.youtube.com/watch?v=Ag11mj5LrCI

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Casaco para a minha filha

A minha filha gostou do casaco que tinha feito para mim ( aqui) e pediu para eu lhe fazer um. Escolheu a cor e pus mãos à obra. Como ela é um tamanho Small, tive de fazer alterações ao número de pontos do top down. Vou deixar aqui como fiz, caso possa interessar a alguém.



Usei lã Valéria di Roma e agulhas 6,5.

Colocar 62 pontos nas agulhas e tricotar o cós durante 10 voltas. Dividir depois o trabalho da seguinte maneira:

 -12 pontos para a frente ( marcador), 9 pontos para a manga ( marcador). 20 pontos para as costas (marcador), 9 pontos para a outra manga (marcador) e 12 pontos para a outra frente. Aumenta-se um ponto antes e depois do marcador. Quando estão 50 pontos nas mangas, trabalhar apenas as frentes e costas, deixando as mangas em espera.


Espero que gostem.

domingo, 17 de novembro de 2019

Rolinhos de Nutella e nozes

Vi esta sobremesa "viajando" pelo Pinterest e achei-a muito bonita e fácil de preparar. No entanto, não tinha a massa da base, uma vez que cá não se vende ( a receita é de um site americano). Socorri-me então da amiga Bimby e fiz os rolinhos à minha maneira.  Claro que a massa pode ser feita com o auxílio da batedeira, ou mesmo  amassada à mão.



Massa ( para 12 rolinhos):

250 gr de farinha
1 ovo
40 gr de óleo de coco
2 colheres de sopa de açúcar mascavado
200 ml de leite
1/2 embalagem de fermento tipo Fermipan

Nutella q.b ( duas colheres de sopa +-)
nozes picadas q.b.

Coloque no copo  o leite e o fermento e programe 1 min/ vel 2 / tem 37º. Acrescente os restantes ingredientes e programe 2 min / vel Espiga. Deixe levedar.

(Nota: fiz a massa de véspera e guardei-a no frigorífico. )

Modo de fazer:

Divide-se a massa ,já levedada, em duas. Estende-se cada parte com o rolo ,formando um retângulo.

Cobre-se o primeiro retângulo com Nutella e polvilha-se com nozes picadas. Tapa-se a massa com o segundo retângulo e corta-se em tiras ( cortei as tiras ao meio e obtive assim os 12 rolinhos).



Torce-se cada tira 5 ou 6 vezes e enrola-se. Põem-se em forminhas de queijadas untadas.



Deixa-se levedar novamente durante 30 minutos+. Leva-se ao forno pré-aquecido a 180º durante 15-20 minutos ( depende dos fornos).



Depois de frios, polvilham-se com açúcar em pó.




























Simples e fácil. Espero que gostem.





quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Pão integral de batata doce

Gosto imenso de fazer o meu próprio pão. Tenho várias receitas já experimentadas e outras tantas marcadas para fazer. A receita deste, com batata doce, despertou-me a curiosidade. Um pão com ingredientes saudáveis e que se manteve macio e fofo durante alguns dias.























Receita ( daqui):

400 gr de farinha de trigo integral
100 gr de farinha de aveia integral
200 gr de batata doce cozida
1 ovo
1 colher de café de sal
2 colheres de sopa de óleo de coco
2 colheres de sopa de açúcar de coco
uma carteira de Fermipan ( 11 gr)
300 ml de água


Reduza a batata a puré ( Bimby- 10 seg / vel 4). Reserve.

No copo, ponha a água, o açúcar, o ovo e o fermento e programe 1 min, temp 37º, vel 2.

Acrescente as farinhas, o óleo e o sal e programe 15 seg/ vel 5 . Junte o puré de batata doce e amasse 5 min/ vel Espiga.

Deixe levedar. Unte uma forma ( usei a Ultrapro da Tupperware) e coloque lá a massa. Deixe levedar novamente até encher a forma.

Leve ao forno pré-aquecido a 200º. Quando puser o pão no forno, reduza a temperatura para 180º e deixe cozer durante 40 minutos.
























 Como já disse, fica muito fofinho e saboroso. Espero que gostem.

domingo, 10 de novembro de 2019

Crumble de marmelo e maçã com aveia e amêndoa

Se há sobremesa que eu adoro é o crumble. Gosto da suavidade da fruta em contraste com a parte de cima, crocante e deliciosa. Nunca tinha experimentado com marmelos, mas o resultado foi excelente! Adaptei,como sempre à Bimby, mas claro que pode ser feito num tacho, no fogão.























Receita ( baseada nas de Cinco Quartos com laranja e Pingo Doce)

2 marmelos
3 maçãs
1 pau de canela
30 gr de manteiga
3 colheres de sopa de vinho do Porto
0,5 dl de água

Descasque e descaroce os marmelos, corte-os aos cubinhos e coloque-os no copo, juntamente com o açúcar. a canela, a manteiga e a água. Programe 20 min/ temp 100º, vel colher inversa.

(Tradicional: ponha tudo num tacho tapado e deixe cozer até que a fruta fique macia.)

Junte as maçãs descascadas e cortadas aos cubinhos e o vinho do Porto e programe 5 minutos / 100º, vel inversa.

Ponha a fruta numa tarteira, descarte o pau de canela  e polvilhe com canela em pó.


Crumble:

75 gr de flocos de aveia
75 gr de farinha de trigo integral
50 gr de açúcar mascavado
50 gr de amêndoa palitada
100 gr de manteiga gelada
canela em pó, gengibre em pó e noz-moscada a gosto 

Coloque todos os ingredientes no copo e programe 5 seg/ vel 5.
Cubra a fruta com o crumble e polvilhe com amêndoa laminada.

(Tradicional: misture todos os ingredientes com os dedos até obter uma espécie de farofa.)


Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 30 minutos.

Uma delícia! Espero que gostem.




sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Marmelos assados com vinho do Porto e especiarias


Com os dias mais frios, começa a apetecer acender o forno com mais frequência. Tinha uns marmelos e não queria fazer marmelada ( já fiz este ano e ficou ótima; podem ver como fiz aqui). Decidi então experimentar assá-los. Ficaram tão bons que já repeti a receita.


Receita ( adaptada desta aqui):

2 marmelos
1,5 dl de água
1 dl de vinho do Porto
1 estrela de anis
um pau de canela
2 colheres de sopa de açúcar de coco
sumo de um limão

Coloque a água, o açúcar, o sumo do limão, o vinho do Porto e as especiarias num tacho e deixe ferver uns minutos.

Corte os marmelos aos quartos e retire os caroços. Coloque-os num pirex e regue com a calda preparada.

Leve ao forno pré- aquecido a 180º durante 40 minutos. Vá  virando e regando os marmelos com a calda durante a cozedura.


Uma sobremesa/lanche de conforto. Espero que gostem.

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Bolachas de aveia e farinha integral


Estas deliciosas bolachinhas foram sugestão da minha filha que as costuma fazer e são sempre muito apreciadas. A verdade é que (quase) não preciso de desculpas para experimentar novas bolachinhas e assim, num instante, tinha um tabuleiro pronto a ir para o forno. Claro que fiz algumas alterações de que irei dando conta ao longo da receita.























Receita original aqui:
(rendimento: 19 bolachinhas)

6 colheres de sopa de flocos de aveia integral
2 colheres de sopa de farinha integral
3 colheres de sopa de açúcar mascavado ( usei de coco)
1 colher de azeite ( usei óleo de coco)
3 colheres de sopa de pepitas de chocolate ( usei pepitas de manteiga de amendoim)
1 ovo
1 colher de café de fermento em pó
umas gotas de baunilha
 frutos secos a gosto ( usei nozes, amêndoas e avelãs).

Numa tigela colocar os ingredientes pela ordem que preferirem e envolver tudo.

Protege-se um tabuleiro com tapete de silicone e colocam-se lá as bolachas. Não precisam estar desviadas umas das outras, pois não crescem.

Levamos ao forno pré-aquecido a 180º durante 10-12 minutos. Depois de frias , guardam-se numa lata.























Notas: deve-se usar mesmo farinha integral, pois o sabor é bem distinto. O açúcar deve ser mascavado ou, como no meu caso, de coco. Se gostarem das bolachas mais crocantes, devem prolongar o tempo de forno, até que estejam lourinhas nos lados. Mal saem do forno estão moles, mas depois de frias ficam crocantes.

 Uma curiosidade: o cestinho onde fotografei as bolachas foi feito por mim em croché e depois endurecido com cola branca.


São deliciosas e saciantes! Espero que gostem.

domingo, 3 de novembro de 2019

Bolo de tâmaras com caramelo

Este bolo ficou logo marcado para experimentar. É totalmente diferente de tudo o que já fiz até hoje e só isso, já me tinha deixado bem curiosa com a receita. Para fazer o caramelo, só precisamos de polvilhar  o bolo , em crú, com açúcar mascavado, colocar pequenos pedaços de manteiga por cima e cobrir tudo com água a ferver. No mínimo surpreendente, não concordam? A receita em si também é muito fácil: separamos os ingredientes líquidos dos sólidos, misturamos tudo e colocamos na forma. Mas vamos à receita.






















Receita ( daqui):

Sólidos:
115 gr de açúcar mascavado
175 gr de farinha
1 colher de sopa de fermento em pó

Líquidos:
125 ml de leite
1 ovo
baunilha a gosto
50 gr de manteiga
200 gr de tâmaras picadas 

Caramelo :
150 gr de açúcar mascavado
50 gr de manteiga
300 ml de água a ferver

Unte uma forma com manteiga e proteja-a com papel vegetal. Aqueça o forno a 180º enquanto prepara o bolo.

Pique as tâmaras com uma faca ( usei também umas nozes a gosto, mas não constam da receita original).

Secos: numa taça misture a farinha, o fermento e o açúcar. Reserve.

Líquidos: Bata os ingredientes líquidos ( a manteiga derretida, o ovo, o leite e a baunilha). 

Misture os líquidos com os sólidos e envolva tudo ,mexendo delicadamente. Acrescente as tâmaras ( e as nozes, caso as use) e mexa devagar até ficar tudo bem ligado. Coloque a massa na forma.


Polvilhe com o açúcar mascavado e salpique com pedacinhos de manteiga.


Por cima ,e sem mexer, coloque a água a ferver.


Leve ao forno durante 40 minutos+- ( depende dos fornos).

O caramelo forma-se no fundo da forma e quando se volta o bolo no prato, fica assim:













































Espero que gostem.